Lidando com desafios interpessoais usando TMP®6 min de leitura

Os desafios interpessoais podem ocorrer de inúmeras formas, mas basicamente eles se resumem em não gostar do outro. Isso leva a comprometer como as pessoas interagem juntas, e visto que o trabalho acontece através da interação, acaba se tornando um problema. Entretanto, o ser humano tem uma forte tendência em lidar com os desafios interpessoais, começando pela dificuldade de não gostar do outro.

Ao usar o TMP® para essas questões, isso significaria começar com o trabalho com os papéis da preferência e/ou com as Quatro Métricas de Preferência de Trabalho. Nós, na verdade, achamos que isso é mais útil e sustentável começando com o foco no trabalho, e depois com o TMP®, que lida com o Modelo de Tipos de Trabalho.

deafios-tmp-01

O trabalho propriamente dito – Os tipos de modelos de trabalho

Muitos dos desafios interpessoais não aparecem simplesmente do nada; eles possuem uma história por trás, quase sempre bem complexa. Frequentemente, essa história está firmada no trabalho que as pessoas realizam juntas, e que de certa forma se esgotam no trabalho realizado no momento. Muitas vezes, quando as questões do trabalho feito podem ser acertadas, os desafios tornam-se menos problemáticos, ou até desaparecem. É por isso que achamos mais eficiente usar o Modelo de Tipos de Trabalho inicialmente para abordar os desafios interpessoais.

Algumas sugestões

  • Apresentar ou rever o modelo, seja em um novo uso ou em um uso repetido para maior aprofundamento.
  • Muitas vezes achamos que um exercício experimental funciona bem para questões interpessoais.
  • Fazer o debriefing do exercício para “ensinar” as funções de trabalho e a Integração, e depois perguntar ao grupo em quais funções eles estão enfrentando desafios. Em quase todos os casos, descobrimos que algumas funções de trabalho são problemáticas e que o grupo gasta tempo para trabalhar em cima desses problemas. Você pode achar que passará metade de um dia na solução de problemas.
  • Achamos que isso é muito bom para deixar algum tempo passar para que o grupo implemente suas soluções e veja qual impacto estas soluções podem ter nos desafios interpessoais que estão enfrentando.

Pessoas que fazem o trabalho – As métricas de preferência de trabalho

Um dos motivos pelos quais sugerimos oferecer algum tempo para o grupo trabalhar as soluções acima é que isso fornece um foco de trabalho específico no qual não apenas um bom trabalho será feito, mas um contexto específico ficará disponível para contemplar as quatro métricas em que os desafios interpessoais podem estar aparecendo.

Algumas sugestões

  • Após uma revisão do progresso relacionado ao trabalho de solução de problemas, você pode utilizar o exercício do contínuo humano para ilustrar as quatro métricas.
  • Após discutir cada métrica, é bom certificar-se de manter um foco na construção atual (relacionamentos, informação, tomada de decisão e informação), assim como as descrições gerais. Você pode dar foco na discussão de como as variadas preferências ocorreram, enquanto o grupo continua a trabalhar nos desafios das funções de trabalho que identificaram. Você pode achar melhor não ser duro demais nos atuais desafios interpessoais que são evidentes. Muitas vezes, os participantes identificam por si mesmos, e é bom deixar isso acontecer. Você sempre pode passar por essas questões depois, se achar que elas necessitam ser abordadas. Ao final da discussão sobre cada medida, você pode perguntar se há alguma ação a ser tomada para enfatizar o ponto forte o a fraqueza da preferência, e elas podem ser incorporadas no trabalho contínuo de solução dos desafios do trabalho.
  • Ao final da discussão sobre cada medida, você pode perguntar se há alguma ação a ser tomada para enfatizar o ponto forte e a fraqueza da preferência, e elas podem ser incorporadas no trabalho contínuo de solução dos desafios do trabalho.

Pessoas trabalhando juntas – A roda de gestão de equipes

A roda de gestão de equipes tem um papel menos significativo quando usamos o TMP® nos desafios interpessoais.

Algumas sugestões

  • Geralmente, o melhor uso desta roda é simplesmente para ilustrar cada membro das preferências do grupo, usando em seguida para dividir pessoas em grupo menores para discussão acerca dos seus perfis. É desejável que nestes grupos menores haja diversidade de preferências, e se possível, colocar juntas as pessoas que não estão indo bem umas com as outras.
  • Um bom ponto de partida para uma discussão entre grupos pequenos é utilizar a página da Integração no perfil. Se cada pessoa destacar não mais que três pontos desta página como pontos importantes e compartilhá-los, muitas vezes obtém-se bom progresso ao lidar com desafios interpessoais.Outa coisa é fazer com que as pessoas troquem de perfis e estabeleçam uma nova reunião por conta própria, a fim de falarem sobre o que aprenderam sobre a outra pessoa, e como elas podem trabalhar bem juntas.
    – A tabela de mapeamento de equipes não é muito utilizada com o TMP® para abordar desafios interpessoais.
  • Outra coisa é fazer com que as pessoas troquem de perfis e estabeleçam uma nova reunião por conta própria, a fim de falarem sobre o que aprenderam sobre a outra pessoa, e como elas podem trabalhar bem juntas.
  • A tabela de mapeamento de equipes não é muito utilizada com o TMP® para abordar desafios interpessoais.

Ponto-chave

Ao usar o TMP® neste tipo de aplicação descrito acima, assume-se que o grupo e as pessoas desejam, ou veem a necessidade de terem seus desafios interpessoais abordados, e estão dispostas a fazer o que for necessário para buscar melhorias. Se não, então este assunto deve ser abordado inicialmente, e isso é feito geralmente através de uma discussão conduzida pelo gestor ou pelas pessoas envolvidas.

Fonte: https://tms-americas.com/

Traduzido e revisado por Fellipelli Consultoria Organizacional.

© Team Management Systems (Americas) Inc. All rights reserved. No Brasil, representada pela Fellipelli Instrumentos de Diagnóstico e Desenvolvimento Organizacional

Entender as preferências de trabalho é um componente crítico no desenvolvimento do desempenho individual, de equipe e organizacional. O Questionário sobre o Perfil de Gestão de Equipe da Team Management Profile é uma avaliação que proporciona uma melhor compreensão das atitudes de um indivíduo com relação ao trabalho.

Venha fazer a Certificação em Desenvolvimento de Equipes com TMP® na nossa próxima turma. Saiba mais clicando aqui!

Tema: TMP®

Subtema: Buscando melhorias para se relacionar melhor em equipe com TMP®

Objetivo: Team Building, Desenvolvimento de Equipe, Desenvolvimento Organizacional, Relacionamento Interpessoal.

Este conteúdo é de propriedade da Fellipelli Consultoria Organizacional. Sua reprodução; a criação e reprodução de obras derivadas – a transformação e a adequação da obra original a um novo contexto de uso; a distribuição de cópias ou gravações da obra, na íntegra ou derivada -, sendo sempre obrigatória a menção ao seu autor/criador original.

Leia também

A EXPERIÊNCIA DA MUDANÇA USANDO TMP®

Clique aqui

Reader Interactions

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fellipelli