Dicas para obter melhores resultados ao responder um assessment – Recurso para o seu cliente7 min de leitura

Conselhos para quem se submete a assessments, especialmente quando se trata do Prevue

A simples ideia de se submeter a um assessment pode causar algum tipo de ansiedade à maioria das pessoas. A probabilidade de se deparar com alguma dose de nervosismo afeta até mesmo aqueles já habituados a exames formais. Isso é perfeitamente natural, especialmente quando imagina que suas respostas possam afetar suas perspectivas de emprego.

Em alguma medida, certa dose de ansiedade na verdade melhora o desempenho em avaliações. A dica está em controlar esta ansiedade, de modo que não chegue a um nível inaceitável. A melhor maneira de controlar a ansiedade durante um assessment é saber o que esperar dele. As informações que verá a seguir vão preparar você mentalmente para enfrentar testes que não são – podemos lhe garantir – nada complicados.

Para começar, daremos algumas sugestões genéricas, que podem ser aplicadas a qualquer tipo de avaliação. Em segundo lugar, daremos algumas dicas que se aplicam especificamente aos assessments da Prevue™ a que você poderá vir a se submeter em algum momento.

Figura 1. Além de se alimentação e sono de qualidade, o relaxamento nos dias que antecedem um processo de assessment é fundamental.
Figura 1. Além de se alimentação e sono de qualidade, o relaxamento nos dias que antecedem um processo de assessment é fundamental.

Dicas gerais

  • Melhore seu desempenho com alimentação e repouso adequados nos dias que antecedem qualquer tipo de avaliação.
  • Se você estiver se sentindo muito ansioso antes de começar a responder as questões, respire profundamente duas ou três vezes, e tente relaxar. Considere a possibilidade de fazer uma rápida caminhada de 15 minutos, para colocar-se em um adequado estado de espírito.
  • Tente se manter relaxado durante o processo. De vez em quando, olhe ao redor, e fique atento a qualquer sinal de tensão em seus membros, pescoço ou ombros. Respire profundamente algumas vezes, e feche os olhos ou estique as pernas. Isso ajudará você a liberar a tensão potencialmente acumulada durante o todo o tempo que estiver ali.
  • Leia as instruções e cada questão com cuidado. Não há como acertar as respostas às perguntas que você não compreendeu; portanto, reserve um tempo extra para se certificar de que tudo faz sentido, antes de passar para a questão seguinte.

Dicas para os assessments da Prevue™

Assessment de Habilidades da Prevue™

A Prevue™ oferece três tipos de Assessments de Habilidades: “Trabalhando com palavras”, “Trabalhando com números” e “Trabalhando com formas”. Para estes assessments, há um limite de tempo, e nas instruções para cada um deles você saberá quantos minutos terá para responder às questões.

Como obter os melhores resultados:

  • Antes de começar, leia as instruções com cuidado. Certifique-se de ter compreendido plenamente a tarefa.
  • Não há necessidade de responder às perguntas na ordem em que aparecem; responda primeiro às mais fáceis. A maioria dos Assessments de Habilidades contém três diferentes tipos de questões, e você verá que algumas delas lhe parecerão mais fáceis do que outras.
  • Seja rápido, mas tenha cautela. Por exemplo, é muito comum, quando se está com pressa, inverter uma sequência de números (por exemplo, escrever “145” em vez de “154”).
  • Não desanime ao se deparar com questões que parecem difíceis, tampouco se desespere diante de alguma cuja resposta você não saiba. Elas talvez sejam difíceis para todos os candidatos. Muito poucas pessoas conseguirão, de fato, responder a todas as questões dentro do tempo estipulado. Se não souber a resposta a uma das questões, “tente” com algum critério, e passe à questão seguinte. Você não será penalizado pelas respostas erradas que der.
  • “Tente”, mas com inteligência. Por exemplo, se você não sabe qual é a resposta certa dentre as múltiplas alternativas, elimine aquelas que considera erradas, e escolha dentre as alternativas restantes.
  • Fique de olho no tempo indicado pelo relógio que aparece no topo de sua tela. Caso tenha tempo livre ao final de um assessment com tempo estipulado, revise as questões que você não estava muito seguro criteriosamente. Não desperdice tempo repassando questões que estava certo de sua resposta.
  • Use todo o tempo que lhe foi disponibilizado! Tente responder ao maior número possível de questões.

 

Assessments de Interesses e Personalidade da Prevue™

Para estes dois assessments, não há limite de tempo. Embora você possa levar o tempo que precisar, seguem algumas sugestões quanto ao uso do tempo durante o teste. A experiência nos tem mostrado que você terá melhores resultados se responder a esses assessments dentro de um período preestabelecido.

Figura 1.1 Use o tempo de forma inteligente, a seu favor.
Figura 1.1 Use o tempo de forma inteligente, a seu favor.

Para aumentar suas chances de sucesso, siga estas sugestões:

  • Leia as instruções e questões com cuidado. Você não conseguirá dar uma resposta adequada se não interpretá-la bem.
  • Embora não haja limite de tempo para os Assessments de Personalidade e de interesses, convém responder rapidamente às questões, em vez deante delas. No caso do assessment de personalidade da Prevue™, as primeiras ideias que lhe vêm à mente geralmente são as mais certeiras. Trinta minutos devem ser o suficiente para que responda às 110 questões. Caso perceba que gastou mais de 10 minutos com as primeiras 35 questões, é bem possível que você esteja refletindo demais, o que poderá afetar a exatidão de suas respostas. Tente acelerar.
  • Seja sincero ao responder às questões do Assessment de Interesses e o de Personalidade. Não ceda à tentação de dar respostas que você julga serem “corretas” ou socialmente aceitáveis (ninguém vai julgar você por isso), mas que não sejam reais. Se fizer dessa forma, talvez acabe dando ênfase a um aspecto de sua personalidade em detrimento de outro, o que poderá distorcer os resultados.

Lembre-se que o Assessment de Personalidade da Prevue™ contém questões cuja intenção é identificar pessoas que tentam influenciar os resultados do teste.

  • Ao responder às perguntas do Assessment de Personalidade, tenha em mente um dia típico de sua rotina. Estas perguntas referem-se ao modo como você costuma agir diante de uma situação determinada. Lembre-se: sua primeira reação é a melhor resposta que você pode dar. Não reflita demais sobre as questões.
  • Não desperdice tempo procurando “pegadinhas”. Ao fazer isso, acabará transmitindo uma representação equivocada de sua personalidade.

O principal objetivo do Assessment de Personalidade é estabelecer a adequação entre você e um emprego que lhe seja apropriado (e do qual você goste).

Portanto, ser sincero em suas respostas só lhe trará benefícios.

  • Vale repetir: não empaque em uma questão. Dê a resposta mais imediata que lhe vier à mente. Não fique analisando as questões a ponto de não conseguir lembrar o que está sendo perguntado. Mesmo que a questão lhe pareça ambígua, o melhor a fazer é responder a partir de sua primeira reação.

Esses testes são menos intrigantes e assustadores do que parecem. Boa sorte!

Ao aplicar um processo de Recrutamento e Seleção, é fundamental entender as competências técnicas e comportamentais de um indivíduo para identificar se ele/a atenderá as demandas do cargo, além de se adaptar à Cultura Organizacional.

Para isso, a  FELLIPELLI, além do  Prevue™, disponibiliza assessments e cursos exclusivos para o desenvolvimento individual e o aprimoramento de equipes como um todo.

Consulte-nos!

Fonte: https://www.Prevue™hr.com/resources/candidate-resources/advice-test-takers/

Traduzido e revisado por Fellipelli Consultoria Organizacional.

Tema: Prevue™

Subtema: Como orientar seu cliente e candidato a uma vaga a ter os melhores resultados.

Objetivo: Desenvolvimento Organizacional, Coaching nas Empresas, Recrutamento e Seleção, Team Building, Desenvolvimento de Equipes, Desenvolvimento de Liderança, Coaching nas Empresas.

 

Este conteúdo é de propriedade da Fellipelli Consultoria Organizacional. Sua reprodução; a criação e reprodução de obras derivadas – a transformação e a adequação da obra original a um novo contexto de uso; a distribuição de cópias ou gravações da obra, na íntegra ou derivada -, sendo sempre obrigatória a menção ao seu autor/criador original.


Veja também

A sobrevivência dos mais preparados: por que o futuro do trabalho está no Quociente de Adaptabilidade?

Clique aqui

Produtos relacionados

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.