A importância das soft skills na era do trabalho remoto2 min de leitura

A forma como nos adaptamos validando a importância das soft skills.

Em tempos difíceis, a forma com a qual os funcionários se adaptam a uma crise mundial valida a importância das habilidades pessoais no ambiente de trabalho.

O Globe and Mail recentemente destacou como a COVID-19 enfatizou a necessidade de desenvolvimento de habilidades sociais como resiliência, empatia e solução de problemas para funcionários de todas as posições. Ela também está determinando o as organizações devem considerar ao contratar novos talentos.

De acordo com uma pesquisa realizada em 2018 com líderes empresariais pelo Conselho de Negócios do Canadá, os empregadores listaram colaboração, comunicação, solução de problemas, recursos analíticos e resiliência como suas principais prioridades.

A principal característica que as equipes e candidatos desejam em um líder é uma mentalidade orientada a propósitos e cuidado, de acordo com um estudo recente do LinkedIn. A pandemia provavelmente aspirou a esses novos traços de líder, diz Jonathan Lister, gerente nacional do Canadá no LinkedIn.

Figura 1 Liderança positiva, empática e inspiradora.

“Os funcionários esperam que os líderes sejam inspiradores, emocionalmente inteligentes, tenham boas habilidades de escuta e comunicação”, diz ele.

Embora a pandemia tenha enfatizado ainda mais o valor de ser emocionalmente inteligente e flexível, profissionais qualificados estão lutando para atender às expectativas de habilidades dos empregadores, de acordo com um estudo realizado pelo Conference Board do Canadá.

O relatório destaca como as instituições de ensino não preparam totalmente os alunos com as habilidades sociais mais demandadas no mercado de trabalho. No entanto, os autores do relatório dizem que a pandemia enfatizou a sua importância e o seu impacto no futuro.

“Com o passar do tempo, nos tornamos mais específicos sobre o que essas habilidades realmente representam para um bom funcionário ou um bom gestor”, diz Stephen Higham, pesquisador associado do Conference Board do Canadá.

Fonte: The Globe and Mail, em 6 de julho de 2020.

Traduzido e revisado por Fellipelli Consultoria Organizacional.

Tema: Inteligência Emocional, EQ-i 2.0®

Subtema: Tempos difíceis, a forma como nos adaptamos validando a importância das soft skills.

Objetivo: Autoconhecimento, Autodesenvolvimento, Desenvolvimento de Equipe, Desenvolvimento de Liderança, Coaching nas Empresas.

Reader Interactions

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fellipelli