Birkman®: Como fortalecer a equipe durante o processo de crescimento da empresa13 min de leitura

O Método Birkman® facilitando as relações e fortalece a cultura da empresa

Oportunidades geradas, fontes de motivação

Por Christina Clark

Sua empresa está em um momento excelente – ela está crescendo rapidamente, e é possível ver um ganho significativo nas vendas, nas receitas e na reputação. Mas é possível reparar que seus empregados não parecem estar tão entusiasmados como antes. Na verdade, eles parecem estar mais desmotivados do que nunca.

Acredite ou não, este é um desafio comum que muitas organizações enfrentam ao vivenciarem um período de crescimento rápido. Enquanto esse sucesso pode parecer uma emoção que envolva todos, é vital manter sempre no topo das suas preocupações seu recurso mais valioso: seus colaboradores.

muito trabalho

O PROBLEMA SURGE QUANDO A VELOCIDADE DO CRESCIMENTO EXCEDE A VELOCIDADE NA QUAL OS RECURSOS HUMANOS SÃO NUTRIDOS. USAMOS A ANALOGIA DO ANEL DE CRESCIMENTO DA ÁRVORE; QUANDO A ÁRVORE CRESCE DE FORMA MUITO RÁPIDA, SEUS ANÉIS SE TORNAM MUITO GROSSOS, O TRONCO ENFRAQUECE E ELA PODE SER FACILMENTE DERRUBADA”. Frase dita por Akio Toyoda, presidente e CEO da Toyota Motor Corporation, que destaca esta importância.

A fim de manter o ímpeto da sua empresa em crescimento, é necessário garantir que suas equipes permaneçam energizadas e entusiasmadas sobre ajudar você a chegar ao próximo nível. Afinal, são elas que estão na linha de frente ajudando você a chegar lá.

Cinco dicas para ajudar a manter suas equipes fortes, e seu negócio fortalecido durante o período de rápido crescimento e rápidas mudanças.

Siga os três Cs

À medida que sua companhia cresce, haverá, inevitavelmente, grandes mudanças culturais e organizacionais que deverão ser implementadas. No entanto, apesar da eventual diferença de ambiente nos negócios, é muito mais fácil manter todos no mesmo nível focando nos três Cs:

  • Comunicar
  • Colaborar
  • Continuar a melhorar

Mantenha os canais de comunicação abertos em toda a empresa, certificando-se de atualizar todos sobre mudanças nas políticas ou procedimentos, antes que elas entrem em vigor. Rapidamente você construirá confiança em suas equipes, se elas sentirem que são parte do processo em meio a essas mudanças.

trabalho em equipe

É desejável também pedir por inputs e dar a todos os departamentos uma plataforma para se abordar a liderança. Por exemplo, se você planeja apresentar um processo totalmente novo na empresa, comece pelas pessoas das suas equipes. Assim, é possível sentir como a mudança pode influenciá-los, assim como o feedback valioso que pode receber, o que vai ajudar a melhorar e aperfeiçoar o plano, se necessário. Priorizar a colaboração na sua empresa ajuda a reforçar o conceito de que equipes incríveis são mais importantes do que pessoas incríveis.

Após estabelecer os métodos para incentivar a comunicação e a colaboração entre as equipes, será muito mais fácil falar sobre os desafios e os sucessos que sua empresa pode enfrentar. Essas conversas abertas e francas oferecem a estrutura necessária para construir uma cultura que valoriza a melhoria contínua. Isso é crucial durante um período de crescimento rápido, pois vai ajudar você a aprender com seus erros, mantendo a humildade entre todos.

Mesmo sendo importante que a alta gestão avalie o progresso da empresa durante seu crescimento, os melhores feedbacks serão em relação ao que está (e o que não está) funcionando, vindo das pessoas das suas equipes.

Uma excelente forma de solicitar este feedback é fazendo reuniões trimestrais. Elas servem como um ambiente seguro para as pessoas da empresa expressarem eventuais preocupações a respeito das políticas atuais, assim como compartilharem suas ideias sobre como elas podem ser melhoradas. Certifique-se de passar a maior parte do tempo ouvindo – é necessário garantir que todos tenham a oportunidade de falar e expressar suas opiniões. Estas conversas podem ser ríspidas, mas elas podem empoderar sua equipe a trabalhar em conjunto e chegar a soluções melhores.

colaboradores engajados

Foco no engajamento do colaborador

Um estudo recente mostra que 51% dos empregados não estão engajados em seu emprego, e 16% deles estão completamente desengajados. Em outras palavras, estão infelizes e comprometendo sua produtividade. Infelizmente, as empresas que passam por períodos de rápido crescimento são algumas das mais suscetíveis às questões culturais e à desmotivação da mão de obra. Pode ser fácil para os colaboradores se sentirem assim diante das responsabilidades do cotidiano, assim como da missão e dos valores da empresa, caso as coisas mudem muito de repente ou se eles se sentirem desconectados das metas planejadas.

Sendo assim, como incentivar uma equipe em crescimento a trabalhar duro, manter-se motivada e engajada com sua empresa? Tudo começa com a reestruturação da forma como você motiva seus empregados. Tradicionalmente, pensava-se que o crescimento vertical e a remuneração eram os principais motivadores que levariam um colaborador a atingir o pico do seu desempenho. Embora pareça funcionar em curto prazo, pesquisas indicam que, na verdade, isso afeta negativamente a produtividade do colaborador e o sucesso da empresa em longo prazo. As pessoas que recebem os incentivos errados encontrarão formas de vencer pessoalmente, em vez de idealizar formas inovadoras de fazer a empresa vencer.

No livro Primed to Perform: How to Build the Highest Performing Cultures Through the Science of Total Motivation (Tradução livre: Preparado para performar: como construir as culturas de maior desempenho através da ciência da motivação total), os autores Neel Doshi e Lindsay McGregor explicam as seis fontes de motivação:

img-fonte da motivacaoA diversão é o motivador mais poderoso, e é medido pela alegria obtida no trabalho. Por exemplo, um designer gráfico obterá prazer no processo de desenho, criando uma ilustração de um livro.

Os Interesses do Birkman derivam da poderosa ferramenta chamada Método Birkman® e avalia a “diversão” de uma forma bem parecida. Os interesses denotam os tipos de atividades nos quais você obtém prazer, tanto dentro quanto fora do trabalho, e o tempo que elas permanecem relativamente constantes. Em outras palavras, as atividades que você gosta de fazer hoje podem ser as mesmas que você gostava quando era criança. Alinhar os Interesses de Birkman com sua carreira pode ter um impacto profundo na sua satisfação e sucesso do seu papel atual.

O propósito é quando o resultado do seu trabalho é o motivo pelo qual você faz aquilo. Por exemplo, um orientador pedagógico pode ser motivado pelo seu desempenho máximo, pois sente que está fazendo a diferença na vida dos alunos.

Os Interesses de Birkman também se relacionam ao “propósito”, pois indicam como uma pessoa prioriza as atividades nas quais participam ao longo do dia. As pessoas costumam ser mais motivadas a fazer e pensar sobre as coisas que elas gostam e valorizam mais, em vez das coisas que elas estão menos interessadas. Em outras palavras, a razão pela qual escolhemos fazer algumas coisas em vez de outras é porque temos prazer naquilo.

foco no trabalhoO potencial é quando o trabalho dá margem a um resultado futuro que está alinhado às metas pessoais. Por exemplo, uma pessoa pode estar motivada em desempenhar bem logo que inicia seu emprego, pois quer aprender as habilidades para gerenciar sua própria empresa no futuro.

A pesquisa neste livro indica que “o motivo pelo qual você trabalha determina a sua performance”. Em outras palavras, “se um colaborador tem prazer nas suas atividades diárias, acredita nas metas da empresa e se inspira no trabalho que ela proporciona, ele terá motivação suficiente para desempenhar o máximo sua função”.

Uma empresa em crescimento é capaz de capitalizar nesses motivadores, sendo transparente sobre sua estratégia e direção futuras. As chances são de que, à medida que cresce, seu lucro geral e receitas crescerão em paralelo. Celebre essas vitórias com o grupo e reconheça seus colaboradores por um bom trabalho. A satisfação pessoal que vem ao trazer bons resultados para a organização poderá preencher seus motivadores de propósito e potencial.

Além disso, é desejável conduzir todo esse entusiasmo diante das novas contratações feitas. Crie uma missão em toda a empresa para que possa ser compartilhada com os candidatos. Isso ajuda a medir o quanto os valores e crenças de um candidato estão alinhados à crença e ao valor da empresa. É possível que eles aceitem essas metas que a empresa tenta alcançar e, assim, eles farão coisas incríveis por ela!

Dê à sua equipe o que ela precisa

Uma empresa em crescimento se traduz também em uma mão de obra ainda maior, e isso pode significar que as pessoas estejam indo em diferentes direções ao longo do dia. Não importa o tamanho da sua equipe, todos precisam de recursos adequados para manter esta demanda crescente. Você pode ajudar a deixar o peso mais leve para os membros das equipes com recursos como ajuda temporária, bônus para hora extra, ou a opção de alocar vendedores externos para tarefas como responder telefonemas ou para projetos de maior especialidade. Isso não vai só garantir que suas equipes sejam capazes de se manter energizadas e produtivas durante o dia, mas ajudará a evitar o esgotamento.

O treinamento feito na empresa deve ser uma “obrigação” na lista de recursos. É desejável ter certeza de que todos tenham o conhecimento técnico e de comunicação necessário para desempenharem em seu melhor nível, especialmente durante a fase de mudanças. Por exemplo, se você está introduzindo um novo software, certifique-se de treinar todos para utilizá-lo. Lembre-se: a comunicação é a chave para manter suas equipes integras!

Além de dar às suas equipes o que elas precisam, antecipe as necessidades em potencial. É possível mitigar problemas futuros se tiver um tempo para desenvolver uma estratégia que aborde o aumento de recursos, supere obstáculos e antecipe necessidades à medida que elas aparecem por conta do crescimento.

Tenha a equipe certa

Quando sua empresa vivencia um crescimento rápido, é possível sentir a pressão para construir suas equipes – e rápido! Por mais tentador que possa ser, tente controlar esse desejo de chamar um candidato que não é o ideal.

Enquanto adicionar novos membros à sua equipe garante ter a “largura de banda” extra para facilitar o crescimento futuro, é necessário também equilibrar esta necessidade, mantendo uma cultura coesa. Aborde todas as suas decisões de contratação com uma mentalidade de preservar tudo aquilo que fez sua empresa chegar ao topo – suas equipes, a cultura e seus valores.

Recrutar, colocar na equipe e manter os melhores talentos encontrados pode ser um dos aspectos mais importantes para manter a integridade da sua empresa. Uma ferramenta de personalidade pode ser muito útil no processo de contratação, pois ela dará uma noção sobre como o candidato poderá se ajustar na equipe, como seus pontos fortes individuais podem ajudar a melhorar o crescimento da empresa, e a sua paixão diante das atividades do dia a dia.

Além disso, pode-se continuar a manter os três Cs em mente, incluindo membros existentes das equipes no processo de contratação. Dê-lhes a oportunidade de fazer perguntas aos candidatos durante as entrevistas. Isso dá à sua equipe uma perspectiva única, em que se vê como eles podem se encaixar na equipe. Também é necessário construir a confiança dentro das equipes existentes, entre seus membros, se eles sentirem que precisam dizer algo àquela pessoa que está entrando no grupo.

É necessário também garantir que os empregados atuais sejam os melhores nas suas habilidades e pontos fortes. O seu gestor de vendas, por exemplo, pode estar confortável ao lidar com uma equipe de dois associados – mas não de 22 associados. Busque realizar uma promoção interna, se você tiver em mãos jogadores fortes que têm as qualidades necessárias para se tornarem líderes de equipe ainda mais fortes.

Tanto dentro quanto fora da empresa, é desejável buscar membros de equipe que podem se adaptar, são entusiasmados e capazes de distender suas habilidades, a fim de atenderem as demandas contínuas e que mudam rapidamente. Como parte dos seus esforços de uma construção de equipe corporativa, empodere líderes para que possam tomar decisões e se engajar em suas próprias estratégias de desenvolvimento em suas equipes.

Mantenha a cultura da empresa intacta

Embora os processos, procedimentos e as responsabilidades da empresa possam mudar, há algo que deve ser mantido intacto, não importando o que aconteça: a cultura da sua empresa. Reter os valores, a ética da empresa e as necessidades dos empoderados membros de equipe, deve ser uma prioridade em todo o estágio de crescimento, sendo um elemento chave na construção de uma fundação em que sua empresa irá ser edificada.

Uma forma de trabalhar isso é mantendo as tradições da empresa vivas, independente do seu tamanho. Estas tradições são o que fazem da sua empresa algo único, e o que a distingue das outras culturas. Por exemplo, se você já celebrou aniversários ou feriados juntos como equipe, continue a fazer enquanto cresce. Isso não dá às suas equipes outra oportunidade de colaborarem uns com os outros, mas os veteranos irão apreciar este pequeno gesto de manter as tradições intactas.

Certifique-se também de continuar a reconhecer pessoalmente a contribuição de cada funcionário para a equipe. Como uma empresa pequena, é relativamente fácil para um gestor parabenizar cada um individualmente por um trabalho bem feito. No entanto, à medida que as equipes crescem, e as responsabilidades se tornam maiores, pode ser difícil reconhecer as contribuições de cada colaborador.

reuniao particularA fim de superar isso, agende reuniões curtas e particulares com cada membro da equipe. Estas reuniões podem servir como uma oportunidade de identificar com o que eles estão trabalhando e ajudar a ter acesso mais fácil quando alguém faz um bom trabalho. Isso leva apenas um pouco de tempo e comprometimento, mas essas pequenas apreciações podem ter efeitos duradouros.

Um período de rápido crescimento pode ser um momento empolgante para sua empresa, mas é quando vários desafios podem aparecer, caso se perca o foco do recurso mais importante da empresa – seus colaboradores. Com essas cinco dicas em mente, é possível nutrir seu capital humano e, ao mesmo tempo, construir uma base sólida para sua empresa crescer ao longo dos anos.

Indo mais além:  Quando a MailChimp passou por um rápido crescimento em 2013, a companhia utilizou o Método Birkman® para preservar e enriquecer a sua cultura. Avaliações individuais, juntamente com atividades de team building, fizeram uma diferença notável na retenção da cultura única da MailChimp.

As avaliações individuais de todos os funcionários os ajudaram a entender seus pontos fortes, a trabalhar com as diferenças e a se engajarem em conversas mais significativas, além da colaboração contínua. O Birkman®, como ferramenta para maior compreensão de si e dos seus colegas, foi capaz de ajudá-los a cultivar um ambiente de trabalho autêntico, de reflexão e alta produtividade.

O entendimento mútuo, a consciência e a comunicação aberta que o Método Birkman® oferece serve como base para fortalecer a cultura da empresa, mesmo diante de um rápido crescimento e de uma grande mudança.

Fonte: https://blog.birkman.com/tips-for-team-building-during-company-growth

Traduzido e revisado pela Fellipelli Consultoria e Diagnósticos

Reader Interactions

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.