Desafios da liderança e a evolução das equipes6 min de leitura

evolucao-equipes

Um passo a passo para você, que é Líder, lidar com as diferentes situações nas equipes.

Não são poucos os líderes, com pouca experiência na gestão de equipes, que esperam que todos possam atingir altos níveis de desempenho logo no primeiro encontro… Impossível!

Formar um time leva tempo, e os membros do mesmo passam por fases ou níveis de evolução que são reconhecíveis na medida em que passam de ser um grupo de estranhos a um grupo unido com metas compartilhadas. O modelo de Bruce Tuckman desenvolvido nos anos 60, conhecido como Forming, Storming, Norming, and Performing (que podemos traduzir como: Formação, Tormenta/Atrito, Normatização e Desempenho), descreve fielmente cada um desses estágios. E quando os líderes conhecem este modelo, podem ajudar suas novas equipes a se transformar em equipes de alta performance mais rapidamente.

O propósito deste artigo é revisar os conceitos do modelo de Turckman e ver como utilizá-lo.

O Modelo

O Psicólogo Bruce Tuckman criou o conceito em um artigo de 1965, denominado Developmental Sequence in Small Groups, o qual utilizou para descrever as fases percorridas da maioria das equipes que seguem em busca da alta performance. Anos mais tarde, ele adicionou o quinto estágio de adjourning (que também é conhecido como interrupção). Vejamos cada um dos estágios detalhadamente.

Forming

Nesta fase, a maioria dos membros das equipes tem atitudes e relacionamentos positivos. Alguns estão ansiosos, já que ainda não sabem ou entendem o propósito ou as tarefas que a equipe terá que desenvolver. Outros simplesmente estão contentes pensando no futuro em grupo. O líder deve manter uma postura e papel dominante nesta fase, porque os papeis e responsabilidades de cada membro ainda não são claros ou completamente definidos. Esta fase pode durar algum tempo, na medida em que as pessoas começam a trabalhar juntas e, simultaneamente, se esforçam em conhecer seus novos colegas.

Storming

Em seguida, a equipe passa para a fase de Storming, na qual as pessoas começam a desafiar os limites estabelecidos na etapa anterior. Esta é a fase em que muitas equipes se perdem.
Ela tem início quando aparecem os conflitos causados pelos diferentes estilos de trabalho dos diferentes membros. As pessoas podem trabalhar de diferentes formas por vários motivos, mas os diferentes estilos de trabalho podem causar problemas imprevisíveis, e os membros podem se sentir frustrados. Storming também pode acontecer por outras causas. Por exemplo, alguns membros da equipe podem desafiar a autoridade do líder, ou pretender ocupar o lugar do líder uma vez que os papeis sejam definidos. Ou se o líder não define logo os papeis ou como a equipe vai trabalhar, as pessoas podem se sentir sobrecarregadas ou sob pressão. Alguns podem questionar a validade das metas da equipe ou o propósito de ele existir, manifestando resistência às tarefas. Aqueles que continuam fazendo suas tarefas podem experimentar estresse, especialmente se sentirem que não contam com o apoio para os processos ou se sentem que os relacionamentos com os colegas são superficiais.

Norming

De forma gradual, a equipe chega nessa fase. É quando os membros começam a resolver suas diferenças, reconhecer as fortalezas de seus colegas, e respeitar a autoridade do líder.
Agora que os membros se conhecem melhor, é possível que comecem a se socializar e solicitar ajuda mútua, praticando feedbacks construtivos. Nessa fase, as pessoas tendem a aumentar o compromisso com as metas da equipe, e o líder começa a perceber progresso em atingi-las. Às vezes, podem existir idas e vindas entre Storming e Norming à medida que novas tarefas são definidas.

Performing

A equipe chega na fase de Performing quando o esforço e a linguagem são comuns a todos, sem enfrentamentos, e com o único propósito de conseguir as metas da equipe. Todas as estruturas e processos que o líder estabeleceu serviram como suporte para chegar até aqui. O líder nessa fase pode delegar a maioria das tarefas e pode se concentrar no desenvolvimento dos membros da equipe. Ser parte da equipe é um bom sentimento agora, e membros novos ou aqueles que deixam a equipe não causam distrações nem interrupções no rendimento da equipe.

Adjourning

Muitas equipes eventualmente chegam nessa fase. Por exemplo, equipes de projeto existem somente durante um período determinado, e mesmo equipes permanentes podem sofrer mudanças durante uma reestruturação organizacional. Aqueles membros que gostam da rotina, ou que desenvolveram relações próximas com os colegas, podem ter dificuldade para enfrentar essa fase, especialmente se o futuro deles parecer incerto.

Como utilizar a ferramenta

Nessas circunstâncias, o líder sempre tem como premissa apoiar os membros da equipe para um bom desempenho e que aconteça o mais rápido possível. Para conseguir isso, deve conhecer para mudar as táticas em cada fase de evolução da equipe. Seguindo os passos descritos no quadro abaixo, ele pode facilitar este desenvolvimento do time no momento apropriado:

1. Identifique a fase de desenvolvimento na qual sua equipe se encontra, segundo as descrições mencionadas.

tabela-lideranca-evolucao2

2. Agora considere o que precisa fazer como líder, para levar sua equipe para a fase de Performing.
3. As explicações no quadro ajudam a mapear o papel do líder.

4. Não se esqueça de revisar com frequência os passos para saber em que fase sua equipe está e, assim, ajustar seus comportamentos e estilo de liderança de forma apropriada.

Recomendações para os Líderes nas diferentes fases de desenvolvimento de equipes:

Pontos Chave

1. A constituição de uma equipe geralmente segue as fases reconhecidas como forming, storming, norming e performing;
2. Você pode utilizar o modelo criado pelo psicólogo Bruce Tuckman para ajudar as equipes a atingirem o nível de Performing o mais rápido possível;
3. Primeiramente, deve-se identificar a fase na qual a equipe se encontra para poder, assim, ajustar o estilo de liderança;
4. Utilizar as estratégias necessárias para apoiar os membros da equipe para uma próxima fase.
Você, líder, pode contar com a ajuda do instrumento MBTI, isso ajudará a lidar melhor com seus comportamentos e os de sua equipe, em situações de estresse e identificar suas características de liderança, o que levará a equipe a um alto nível de desempenho.

Fontes:
Mind Tools Club, U.K. 2016
The Wisdom of Teams – J.R. Katzenbach & Douglas K. Smith 1993

Conheça mais sobre o instrumento MBTI através da Fellipelli, acessando: https://www.fellipelli.com.br/mbti-myers-briggs-indicator/

Nota* Apesar de existir no mercado brasileiro a tradução de Forming, Storming, Norming, Performing, Adjourning, preferimos manter os nomes originais fiéis ao modelo Tuckman.


Leia também

FEEDBACK: A PRÁTICA DA COMUNICAÇÃO SAUDÁVEL

Clique aqui

Reader Interactions

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.