Cinco Dicas Para Uma Liderança Tranquila2 min de leitura

Conheça-se mais
Compreender seus pontos fortes, assim como seus pontos de melhoria é de extrema importância para você explorar suas potencialidades e desenvolver suas fraquezas. Para ser um líder melhor o primeiro passo é sempre investir em seu autoconhecimento.

Dê voz a sua equipe
Ao invés de falar, ouça. Permita ser passivo por alguns momentos e simplesmente ouça o que as pessoas têm a dizer, sem julgamentos e sem imposições ocultas no comportamento. Sua equipe pode trazer insights importantes ou mesmo te proporcionar um olhar diferente sobre determinado problema.

Estimule o protagonismo
É muito comum a proteção exagerada de líderes às suas equipes, principalmente naqueles com o processo de decisão movido pelo sentimento. No caso, o líder se sobrecarrega por responder pelos erros dos liderados e não permite o aprendizado do outro. Estimule o empoderamento da equipe, cada um deve assumir a responsabilidade sobre os próprios atos, tanto sobre o que for positivo quanto negativo.

Entenda as necessidades individuais de cada colaborador
David Rock, por meio de muitos estudos sobre o comportamento humano associado ao entendimento do cérebro social, criou o Modelo SCARF, que elege cinco gatilhos sociais que todo indivíduo tem: status, certeza, autonomia, relacionamento e justiça. Cada um tem uma escala individual de prioridades e o líder deve ter consciência disso em suas abordagens.

Promova conversas de feedback de qualidade
Os estudos mais recentes da neurociência provam que, em grandes corporações, conversas de feedback vem diminuindo a produtividade ao invés de aumentar. Colaboradores que são criticados pelas suas atitudes ativam o sistema límbico, entrando em estado de defesa e dificilmente produzindo algo útil para a corporação. É um ciclo constante. Para aumentar a produtividade, o melhor caminho é fazer com que o próprio colaborador identifique os erros, permitindo que ele encontre as melhores soluções.

Adquira o livro “Liderança Tranquila – Não Diga Aos Outros O que Fazer, Ensine-os a Pensar”.

Entenda com os conceitos de David Rock, baseados nas recentes pesquisas da Neurociência, são transformadores para todo líder.

Reader Interactions

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.